Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2017

Quebra-Cabeça #2.1

Imagem
Quebra-Cabeça: O lugar onde montamos um pouco mais o outro com pequenas peças que se encaixam para nos mostrar quem realmente é.
O nosso convidado de hoje não tem papas na língua e diz tudo o que pensa. Conheçam um pouco mais do autor do blog "Um Deus Caído do Olimpo", Francisco Mendes Santiago


“Um Deus Caído do Olimpo” refere-se a qual deus? Tu és o deus ou o terrestre que com ele teve um encontro? Se o nome do blog já não for baseado em factos reais, tens esperanças de concretizar esse sonho algum dia?
Francisco: Fizeste me ir rever o início do blogue. Supostamente, no início eu seria Norvegen, filho do deus Hermes, e o Rúben seria Irihss, filho do deus Ares. O Rúben teria sido enviado como terrestre mas como filho de um Faraó, teria-se apaixonado por um terrestre e teria-se esquecido de mim, como aconteceu com a nossa química. Ele optou por ficar com o ex-namorado. Aos dias de hoje, eu creio que ele seja mais Divino do que eu. Isto porque ele foi um Grande Senhor em como …

My Movies! #2.4

Imagem
E o filme de hoje é...


Lion [Lion - Uma Jornada Para Casa] [Lion - A Longa Estrada Para Casa] [2016] foi um dos filmes candidatos aos Óscares. O filme apresenta-nos a história comovente de Saroo [interpretado por Sunny Pawar], um menino que se perde do irmão mais velho quando tinha 5 anos e de como ele tudo fará para, 25 anos depois, [papel interpretado por Dev Patel] regressar a casa!

Este filme é baseado numa história verídica.

Avaliação João: 8,6/10
Eis um trailer:

Leia e ele virá! #2.2

Imagem
O Mundo de Sofia [1991] é talvez um dos livros mais conhecidos da geração dos anos 90. O livro dá-nos a conhecer Sofia, uma rapariga norueguesa. Algumas semanas antes dela fazer 15 anos, Sofia começa a receber um curso de Filosofia dado por um misterioso professor, o Professor Alberto
A história desenrola-se através da História da Filosofia, desde a Antiguidade até aos nossos dias. É um livro curioso e interessante de se ler. Desengane-se quem achar que o consegue ler todo de seguida. Este é daqueles livros que precisamos de parar de ler com frequência, para assimilar o que ele nos ensina. Por outro lado, o livro torna-se único, porque não contém só a História da Filosofia. Existe uma outra história, bastante cativante, que prenderá os leitores até ao fim.

A título de curiosidade, este livro foi adaptado para filme na Noruega.




Avaliação Jonas:10/10
Uma obra fantástica e intemporal sobre a história da Filosofia! Imprescindível para quem gosta de Filosofia e de filosofar!
***
Avaliação Jo…

My Movies! #2.3

Imagem
Florence Foster Jenkins [Florence: Quem É Essa Mulher?] [Florence, Uma Diva Fora de Tom] [2016] é uma divertida comédia-dramática. Neste filme conhecemos Florence Jenkins [Meryl Streep] uma senhora riquíssima e generosa, que vivia num mundo de sonho, "criado" pelo marido, St. Clair Bayfield [Hugh Grant].  

Este filme é baseado na vida de Florence Foster Jenkins [1868 ~ 1944], uma senhora que adorava cantar, mas que afinal... Não tinha talento para o canto! Ela ficou conhecida como a "Diva do Grito".


Eis uma das músicas que Florence Foster Jenkins cantou [Adele's Laughing Song]:

Não a achei assim tão má cantora, no fim de contas! [risos]

Eis um trailer do filme:

Avaliação João: 8,5/10

My Movies! #2.2

Imagem
Sexual Tension 2 [Tensão Sexual, Volume 2: Violetas] [2013] é a continuação do Tensão Sexual Volume 1, já abordado aqui no blog no "My Movies! #1.62". Desta vez, o filme é focado no universo feminino. São 6 curtas, onde se explora a tensão que se pode gerar entre mulheres. O filme contém um erotismo mais expresso que no primeiro filme. De igual forma, a acção é mais intensa. As mulheres exploram os seus mundos, sonhos e fantasias, com sensibilidade e sedução.

Avaliação João: 5,4/10
Eis um trailer:

My Movies! #2.1

Imagem
Hoje é dia de apresentação de filmes aqui no blog! Nesta temporada, os filmes abordados terão como novidade serem avaliados, umas vezes por mim, outras vezes pelo Jonas e em alguns casos, os filmes receberão avaliações dos dois. De igual forma, alguns dos filmes serão alvo de uma crítica.

Na estreia da segunda temporada de "My Movies!" o filme abordado é...


The Sensei [2008] passa-se no Colorado dos anos 80, em pânico com o flagelo da SIDA. É aqui que conhecemos McClain [Michael J. O'Laskey II], um rapaz que sofre na pele por causa de ser gay. Numa terra cheia de pessoas retrógradas e preconceituosas, ele torna-se um alvo fácil. Porém, tudo mudará quando Karen [Diana Lee Inosanto] regressar à cidade e aceitar treinar o rapaz, para que este se possa defender quando for atacado.

Para mim, é sempre bom revisitar os anos80. Este filme apresenta muitas semelhanças com "Karate Kid". Por outro lado, este é um filme bonito e verdadeiramente inspirador. O desenlace final…

Leia e ele virá! #2.1

Imagem
Começa hoje a segunda temporada de "Leia e ele virá!"

A partir de agora, os livros apresentados nesta temática terão uma avaliação, umas vezes dada por mim, outras vezes dada pelo Jonas e noutros casos, dadas pelos dois. De igual forma, existirão livros que terão direito a uma crítica.

Para hoje, temos o livro...



O Canto de Aquiles [A Canção de Aquiles] [2012] é talvez uma das mais bonitas obras que foram escritas sobre a Guerra de Tróia. Este livro foi inspirado na "Ilíada" de Homero. A obra é narrada na primeira pessoa, através do príncipe Pátroclo. Este, ainda em criança, comete um homicídio acidental e o pai dele, um rei horroroso e desprezível, encaminha-o para o exílio, no longínquo reino de Ftia. Em Ftia, Pátroclo conhece o príncipe Aquiles, de quem se tornará o melhor amigo, irmão de armas e companheiro de todas as horas.

Eis os protagonistas [numa versão "fanmade"]:


A autora do livro, que levou 10 anos a escrevê-lo, apresenta-nos uma obra exemplar…

Quem tem dinheiro é pobre!

Imagem
TEXTO 04


Dinheiro não se rasga, e se alguém o rasga é louco. Esta é uma máxima muito difundida no mundo capitalista, onde atribuem aos loucos, e somente aos loucos, a ação de rasgar dinheiro. Com isto afirmam que a pessoa, por mais insana e desequilibrada que pareça, ainda assim não está totalmente transloucada quando não rasga o seu próprio dinheiro. E é verdade. Geralmente os psicopatas, os assassinos, os maníacos, todos aqueles que cometem as piores atrocidades, dificilmente rasgam seu próprio dinheiro. Mesmo quando são influenciados por vozes em suas cabeças, quando tem mania de perseguição, quando cometem uma chacina dentro da escola, mesmo estes raramente rasgam o seu dinheiro. Os que rasgam, sim, são considerados loucos.
O dinheiro, papel-moeda, é uma propriedade do Estado. Ele é disponibilizado à população para que estes tenham, devido aos seus trabalhos ou bens doados, poder de negociação entre si. Mas rasgar dinheiro é crime, assim como rabiscar ou vandalizar o papel-moeda. P…

1 Ano de "Entrelinhas Direcionadas"!

Imagem
Pois é... Hoje é um dia especial aqui no Entrelinhas Direcionadas. O blog acaba de completar o seu primeiro ano!

Aconteceu tanta coisa ao longo deste ano que nem sei por onde começar. Com a idade, creio que cada ano que passa parece tornar-se maior. Se existem alturas em que o tempo voa, existem outras em que vai acontecendo tanta coisa ao mesmo tempo que acabamos por nem saber a quantas andamos. Claro que isto pode ser visto tanto pelo lado menos bom, como pelo lado bom.

Fazendo uma retrospectiva, posso dizer que este primeiro ano foi um ano que começou difícil. O meu estado de saúde estava mau, ao ponto de eu ter que ficar ligado a uma máquina de oxigénio todas as noites. Assim foi durante quase meio ano. isso acabou por influenciar e condicionar bastante a minha vida, já que me provocou uma alteração nos hábitos e estilo de vida. Hoje em dia ainda tenho cuidados ao sair à noite e reduzi consideravelmente as saídas nocturnas.

Mas nem tudo foi mau.

Ao estar mais por casa, pude dedic…

Antigamente é que era bom... #1.20 [PT]

Imagem
Se você soubesse o quanto eu te ameiNão me olhava assimSe você soubesse as noites que eu choreiNem falavaQuantas vezes eu pedi pra não deixarA nossa vida assimVocê não pensou em mim
Eu me lembro cada vez que me humilheiTe pedindo amorUm carinho, uma palavra, uma emoçãoQualquer coisa
E esse orgulho em não querer admitirTantos errosHoje já não tem conserto e quebrouTudo se acabou
Pela primeira vez, sozinhaPela primeira vez, sem vocêUm pouco perdida, com medo da vidaMas sem você
Pela primeira vez, sem donoPela primeira vez, mais mulherUm pouco perdida, com medo da vidaP'ro que vier...

Antigamente é que era bom... #1.19 [PT]

Imagem
O tema intemporal dos GNR, gravado na década de 80 [1985].


Dunas, são como divãs,Biombos indiscretos de alcatrão sujoRasgados por cactos e hortelãs,Deitados nas Dunas, alheios a tudo,Olhos penetrantes,Pensamentos lavados.
Bebemos dos lábios, refrescos gelados (refrão)Selamos segredos,Saltamos rochedos,Em câmara lenta como na TV,Palavras a mais na idade dos "PORQUÊS"
Dunas, como que são divãsQuem nos visse deitados de cabelos molhados bastante enroladosSacos camas salgados,Nas Dunas, roendo maçãsA ver garrafas de óleo boiando vazias nas ondas da manhã
Bebemos dos lábios, refrescos gelados,nas dunas!Em câmara lenta como na TV,Nas dunas..Nas dunas..Naasss duunas...Naasss duunas..Refrescos gelados...Como na Tv.Nas duunas..

Antigamente é que era bom... #1.18 [PT]

Imagem
Como vou dizer que não te ameiSe eu ainda penso em vocêSe eu ainda tenho a ilusãoDe encontrar para nós a solução
Como vou dizer que te esqueciSe eu não aprendi a te esquecerSe eu não consigo mais dormirSonho acordada com você
Mesmo sem querer eu vou lembrarCoisas impossíveis de apagarÉ para mim difícil entenderA vida sem vocêDói se você diz que não me querMas eu não consigo te deixarFaço tudo que esse amor quiserPra você ficar
Vida minha, vida minhaMeu amor ciganoComo posso me enganarFingir que não te amoVida minha, vida minhaNão me deixe agoraLogo quando eu maisPreciso de vocêDiz pra mim que não deixou de me querer

Existo, logo penso! #1.19 [PT]

Imagem
A cerimónia dos Óscares já foi quase há um mês, mas só agora vou falar neles. Isto porque, pela primeira vez na minha vida, fiz duas coisas:
* Assisti à cerimónia dos Óscares em directo pela televisão, do princípio ao fim, com aquela gafe monumental mesmo a terminar a cerimónia; 
* Assisti a todos os filmes que estavam nomeados na categoria de Melhor Filme, a fim de poder escrever este post;

Chamem-me ingénuo, mas a verdade é que até esta edição, eu nunca me tinha questionado sobre a cerimónia em si. Basicamente, a festa dos Óscares é "apenas" uma celebração norte-americana, para coroar o melhor cinema estado-unidense. Isso deixou-me surpreso. Pensei que estávamos a falar dos melhores filmes a nível mundial? Só que não! :/
A cerimónia em si é longa e aborrecida. Claro que existe aquele glamour. Ver as estrelas a desfilarem na passadeira vermelha, elas com os seus vestidos espampanantes e os galãs todos vestidos de igual - ou quase. Isso é giro, mas...  "Next!". Já…

My Movies! #1.63 [PT-ENG]

Imagem
Metropolis [1927] é uma obra-prima do cinema de ficção científica, do cinema mudo e do cinema expressionista alemão. O filme foi baseado numa obra de Thea Gabriele von Harbou, obra essapublicada em 1924. Já agora, a título de curiosidade, o argumento deste filme foi escrito por ela e pelo marido, o realizador deste filme, Fritz Lang
Quanto à trama do filme, apesar de já se terem passado quase 100 anos, quando assistimos ao filme, percebemos que a história continua actual. O enredo passa-se em Metropolis, uma cidade futurista, no ano 2027. Os seres humanos estão divididos em duas classes: ricos e pobres. Apenas um mediador entre o cérebro e as mãos poderá impedir que uma catástrofe aconteça! Será que esta pessoa realmente existe? Se existir, chegará a tempo de evitar o pior?

Eis um trailer: