Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

O Racismo não existe (mais)

Imagem
TEXTO 08

Não existe idoso racista. O ser humano que atinge os 60 anos de vida é incapaz de ser intolerante com outro humano por conta da sua cor de pele. Esta é uma constatação lógica.
A tecnologia atual permite, certamente, um prolongamento da beleza física das pessoas. Se em épocas passadas, a pessoa ao atingir 30 anos tinha grandes chances de ter uma aparência envelhecida, abrutalhada, desleixada, hoje, esta mesma pessoa teria mais chances de aparentar uma fisionomia mais jovial. Produtos de beleza, cuidados diários, alimentação regrada, são vários os fatores para se manter uma aparência mais cuidada e atraente.
É verdade que não existe aparência de alguém de 30 anos. No passado as pessoas com 30 anos tinham uma feição mais envelhecida, e no futuro, há enormes chances de alguém com 30 anos aparentar ser mais jovem do que os atuais trintões. Ou seja, no futuro, tudo indica que a aparência de alguém de 30 anos será uma feição mais jovem do que na atualidade. E tal aparência será genuín…

My Movies! #2.16

Imagem
O filme de hoje é baseado em factos reais. Em Regression [Regressão] [2016] conhecemos um detective chamado Bruce [Ethan Hawke], que terá de desvendar um mistério - uma rapariga chamada Angela [Emma Watson], acusa o pai de abuso, violação e envolvimento numa seita satânica. Bruce, junto com toda a polícia do Minnesota, vai unir esforços para apanhar os membros desta seita. Para tal, ele contará com a ajuda de um terapeuta especialista em regressão.
Eis um trailer:
O filme não é uma obra-prima no cinema. Foi severamente criticado, o que arrasou com um filme que tinha um certo potencial. Creio que abordar a temática do satanismo e dos abusos sexuais incomodou muitas pessoas, afastando-as de verem o filme. Se gostarem de filmes de suspense e policiais, este é uma escolha a considerar. 
Nota Final João: 8,2/10

My Movies! #2.15

Imagem
Vi este filme no domingo passado:


Beauty and the Beast [A Bela e o Monstro] [2017] é um musical, baseado na história de Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve, escrita em 1740. Inúmeras adaptações depois, chegou até aos nossos dias a versão de 1991 da Disney, sob a forma de filme de animação, que também serviu de base à criação deste filme. 
Nesta história, conhecemos um pouco do Príncipe, antes dele se tornar a Fera. Depois de ostracizar uma senhora que apenas queria abrigo no seu castelo, o Príncipe [Dan Stevens] recebe a paga pela sua maldade: afinal a pobre senhora era na verdade uma bonita bruxa, que o amaldiçoa, e a todos os habitantes do castelo, tornando o Príncipe num monstro e às outras pessoas em objectos! O feitiço, porém, pode ser quebrado, se alguém se apaixonar pelo monstro! Será que essa pessoa existe? E se existir, conseguirá apaixonar-se antes do tempo disponível acabar? 
Eis um trailer:


Apesar das críticas, eu achei a Emma Watson perfeita para o papel de Belle. O pap…

My Movies! #2.14

Imagem
Mais um filme para vos fazer pensar... [risos]


Na história de "The Box" [Presente de Morte] [2009] conhecemos Norma [Cameron Diaz], uma professora e o seu marido Arthur [James Marsden], que trabalha para a NASA. A vida dos dois começa a andar para trás e o dinheiro começa a ser uma preocupação. Um dia, eles recebem a visita de um misterioso personagem, Arlington [Frank Langella], que lhes propõe um negócio no mínimo inusitado - eles recebem uma mala com 1 milhão de euros, se apertarem um botão numa caixa. A contrapartida: alguém, num ponto qualquer do Planeta Terra, morrerá por culpa disso. Será que Norma e Arthur vão ter coragem de apertar o botão?     
Se ainda não viram o filme, deixo-vos a questão para responderem nos comentários: 
Vocês apertariam o botão da caixa, sabendo que receberiam 1 milhão de euros logo a seguir, sabendo que alguém iria morrer por causa disso?
Respondam antes de verem o trailer, a vossa primeira resposta! ^_^

Eis um trailer:



Este filme é muito int…

My Movies! #2.13

Imagem
O filme de hoje é de terror psicológico e chama-se...


Split [Fragmentado] [2017] conta-nos a história de um homem chamado Kevin [James McAvoy], que tem, nada mais, nada menos, do que 23 personalidades! Para piorar tudo, uma 24ª personalidade está prestes a revelar-se, sendo esta última a mais perigosa de todas elas.

Eis um trailer:


Não sendo um filme de topo, temos aqui um bom filme, perturbador - diga-se de passagem -  muito graças ao excelente desempenho de James McAvoy!
Nota Final João: 7,8/10

Revista Conexão Literatura *Julho 2017*

Imagem
Já está disponível a 25ª edição da revista "Conexão Literatura", que comemora com esta edição o seu 2º aniversário! Muitos parabéns!


Conforme poderão conferir, nesta edição uma das entrevistas é ao grande músico Martinho da Vila, muito popular além fronteiras! Na entrevista, entre outros temas, está o lançamento do seu 15º livro, "Conversas Cariocas"!

A revista, totalmente digital, traz até aos leitores dois audiobooks, "A Igreja do Diabo" e "A Mulher do Pescador". Contem também com vários contos, entrevistas e crónicas!

Podem fazer o download da revista, clicando aqui.

My Movies! #2.12

Imagem
Vi este filme no final de tarde de domingo. Já andava para o ver há algum tempo, muito por causa da Emma Watson, de quem sou fã. 
Noah [Noé] [2014] é um filme norte-americano que, em forma de drama e fantasia, nos apresenta uma reinterpretação da história bíblica de Noé. 
Sobre o filme: 
Depois de expulsos dos Jardins doParaíso, por terem comido do fruto proibido, Adão e Eva geram descendentes que, ao longo das 10 gerações seguintes, vão corrompendo o Planeta Terra. Um dia, Noah [Russell Crowe] tem visões sobre o fim do Mundo. Ele pede conselhos ao seu avô, Matusalém [Anthony Hopkins], decidindo por fim tomar as rédeas da missão que lhe foi confiada - criar uma arca gigantesca, onde albergará um casal de cada animal, a fim de repovoar o Planeta Terra após um grande dilúvio. 
Eis um trailer:

Estamos perante um filme típico do tipo blockbuster. Com muita animação à mistura, o filme consegue prender o espectador do princípio ao fim, mesmo já se conhecendo toda a história. Noah criou muit…

Sensibilizar & Consciencializar - É Preciso! #1.3

Com muito sarcasmo à mistura, Gregório Duvivier aborda alguns temas bem sérios. Eis o capítulo mais recente:


TAG "Dia dos Namorados"

Imagem
Bom, como já devem ter percebido, o blog anda um pouco atrasado. Isto deve-se ao facto de tanto eu como o Jonas andarmos bastante ocupados. Seja como for, vocês não estão esquecidos, e sempre que temos um tempinho, vimos cá escrever algo ou visitamos os vossos espaços para vos lermos. ;)

Este post já está pronto há quase um mês, mas foi ficando esquecido e olha... decidi publicá-lo hoje! Afinal, Dia dos Namorados é como o Natal - é quando o Homem quiser! [risos]



Esta tag é uma tag literária. As respostas desta tag as do Jonas e as minhas - decidimos fazer assim, para ser diferente! Esperemos que gostem e se quiserem, participem também!

1 - Qual o seu casal literário favorito? 



Jonas: O Pequeno Príncipe e a Rosa (O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry).


João: Aquiles e Pátroclo em "O Canto de Aquiles".


2 - Qual o seu top 3 de namorados(as) fictícios(as)? 

Jonas: Gato e Dalva (Capitães da Areia - Jorge Amado); Neville Longbottom e Luna Lovegood (mesmo que eles não fossem nam…

Sensibilizar & Consciencializar - É Preciso! #1.2

Imagem
Eis uma linda lição de vida! Para reflectir!

Quem é patriota, discrimina a si mesmo

Imagem
Texto 07

Muitos brasileiros têm um feio costume de repetir uma frase que diz: “eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”. Em eventos diversos, em locais diversos, por motivos iguais, estes brasileiros gostam de exaltar seu amor pelo país onde nasceram. São estúpidos por conta disto. Muitos estadunidenses têm o estapafúrdio costume de hastear a bandeira dos Estados Unidos em algumas casas, em escolas, em todo lugar, inclusive na Lua, como se fosse uma ode ao patriotismo. São mesmo uns obtusos por conta disto. Não importa qual seja o país, os cidadãos destes países, em sua maioria, têm interesse em mostrar orgulho por viver e ser de lá. Com a proliferação de hinos, de uniformes, de bandeiras, de conquistas, cada país tem o intuito de se mostrar melhor (ou pelo menos tão bom quanto) o país vizinho. E se, ainda, não há motivos para este orgulho, o interesse do país é alcançar o status que outros países já alcançaram. O objetivo do governo dos países é, mais do que tudo, formar ci…